Blog

Elabore suas declarações de IRPF com segurança, agilidade e eficiência

Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física O ano de 2018 iniciou e com ele várias preocupações com obrigações que devem ser prestadas ao Fisco Federal. Dentro de mais algumas semanas, serão iniciadas as atividades relacionadas ao IRPF 2018 ano calendário 2017. O Fisco vem inovando a cada novo período com processos e cruzamentos […]

Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física

O ano de 2018 iniciou e com ele várias preocupações com obrigações que devem ser prestadas ao Fisco Federal. Dentro de mais algumas semanas, serão iniciadas as atividades relacionadas ao IRPF 2018 ano calendário 2017. O Fisco vem inovando a cada novo período com processos e cruzamentos que aumentam bastante as preocupações de profissionais contábeis com riscos de declarações retidas pela Malha Fina.

Em 2017 aproximadamente 747 mil declarações caíram na malha fina do Imposto de Renda. Apesar desse número ser um pouco menor do que no ano anterior (2016), ainda deixa muitos contribuintes e profissionais da área contábil, atentos aos cuidados necessários com a confecção e entrega do IRPF.

As principais razões pelas quais as declarações foram retidas são:

• Omissão de rendimentos do titular ou seus dependentes;
• Divergências entre o IRRF informado na declaração e o informado em DIRF;
• Dedução de previdência oficial ou privada, dependentes, pensão alimentícia e despesas médicas com indícios de irregularidade.

Fonte: https://g1.globo.com/economia/imposto-de-renda/2017/noticia/747-mil-declaracoes-cairam-na-malha-fina-do-imposto-de-renda-2017.ghtml

Como podemos ajudar?

É necessário garantir que as declarações confeccionadas possuam informações coerentes (sem indícios de irregularidades), para assim, assegurar que não serão retidas pela malha fiscal da Receita Federal. Caso o cenário seja irreversível, ou seja, o declarante possua de fato informações inconsistentes, ao menos, ele precisa estar ciente dos riscos. Vale aqui ressaltar que, muitas das declarações que foram retidas pela malha fina, não possuíam erros. Elas foram retidas porque estavam dentro de “critérios” que o Fisco determina para uma análise mais minuciosa, e nesses casos, as declarações entram na malha fina. Quando é possível alertar o contribuinte dos riscos, é possível também deixá-lo preparado para essa eventualidade.

A Wolters Kluwer vem trabalhando para melhorar a experiência de seus clientes com soluções que buscam facilitar o trabalho dos profissionais contábeis além de gerar informações que apoiam em consultorias executadas pelos mesmos.

Quando se fala de omissão de rendimentos, o produto Analir One possui funcionalidades que analisam as informações da declaração de imposto de renda, e demonstram se a renda do declarante está ou não compatível em relação ao que foi declarado. Com isso, é possível evitar que uma declaração seja enviada com rendimentos incompatíveis expondo assim o contribuinte a malha fila.

Assim como é possível visualizar eventuais incompatibilidades em relação a rendimentos, o produto também possui análises para outros cenários que podem chamar atenção do Fisco. O Analir One, possui diversas funcionalidades que analisam e demonstram valores constantes na declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física e seus reflexos, tais como, os valores previdência oficial e privada, dependentes, despesas médicas e etc. O produto dispões de vários relatórios comparativos que demonstram os últimos 5 anos de forma clara e rápida ao profissional contábil eventuais riscos que uma determinada declaração de imposto de renda está exposta.

Clique aqui e entre em contato agora mesmo com um de nossos canais para obter mais informações sobre o produto.

Fique atento a novas informações sobre o PROSOFT ANALIR ONE.

BANNER BLOG 3 Elabore suas declarações de IRPF com segurança, agilidade e eficiência