Press Releases

Prosoft Analir Contador simplifica processos com eficiência nas declarações do IRPF 2017

Criado para analisar dados que serão enviados a Receita Federal, a solução possibilita uma visão completa sobre gestão do patrimônio dos contribuintes, ajudando a identificar, com facilidade, os riscos que podem levá-los à malha fina

São Paulo, março de 2017 – Este ano, a mordida do leão já tem data e hora marcadas: no final do dia 28 de abril encerra o prazo de entrega da declaração do imposto de renda. Mas há quem adie este momento ao máximo. Segundo um levantamento realizado no ano passado pelo Sindicato das Empresas de Contabilidade e de Assessoramento do Estado de São Paulo (Sescon/SP) junto ao setor, quase a metade das declarações é entregue na última hora, sobrecarregando os escritórios de contabilidade. Para os contadores que desejam efetuar a declaração do IR de seus clientes com o máximo de eficiência e, ao mesmo tempo, eliminar a possibilidade de erros, a tecnologia desenvolvida pela Wolters Kluwer, Unidade de Negócios Fiscal e Contábil no Brasil pode ser uma aliada. O Prosoft Analir Contador é uma solução exclusiva desenvolvida para dar eficiência a escritórios contábeis e profissionais liberais na análise da declaração do IRPF. A ferramenta lê e verifica em segundos os dados armazenados no programa da Receita Federal, facilitando a identificação de inconsistências.

Além de oferecer um diferencial aos clientes que buscam a ajuda profissional para prestar as contas com a Receita Federal, o Prosoft Analir Contador aumenta o valor agregado ao usuário e diminui os riscos na entrega. Com interface gráfica amigável e intuitiva, o software permite ao contador avaliar o histórico patrimonial e de fluxo de caixa do cliente e projetar suas declarações futuras com simulações financeiras, eliminando de vez as inseguranças. “Trata-se de uma solução eficiente, confiável e que otimiza a elaboração e entrega de declarações do IRPF. Com ele é possível fazer análises de caixa em poucos segundos, realizar simulações financeiras e acompanhar a evolução patrimonial dos clientes, obtendo um ganho em performance e diferencial de serviço”, afirma Roberto Regente Jr., CEO da Wolters Kluwer, Unidade de Negócios Fiscal e Contábil no Brasil. Além de ferramentas operacionais, o sistema também conta com recursos para agendamento de compromissos e horários de entrevistas com os contribuintes; ajuda a controlar as pendências, enviando alertas para o responsável sobre documentos ou informações necessárias para o envio das declarações; e importa as fontes pagadoras de pessoas jurídicas, mais as doações, pagamentos e transferências dos valores dos bens do ano-base anterior.

Ferramenta elimina os riscos da malha fina
Uma das vantagens do Prosoft Analir Contador é que, uma vez instalado, ele acessa automaticamente a base do programa da Receita Federal. “Durante o processo, o programa faz a leitura das informações, permitindo ao usuário se inteirar do status da declaração e antecipar se a mesma poderá ou não cair na malha fina da Receita”, destaca Regente.

A preocupação dos contadores em relação a eventuais erros na declaração do IR é justificada: só no ano passado, a Receita Federal identificou 716 mil declarações com problemas – muitas por inconsistências nas informações – e estas caíram na chamada malha fina. Segundo o órgão, somente os casos de deduções “suspeitas” no IR somavam 35 mil pessoas físicas e um total de R$ 303 milhões em impostos a serem lançados. Segundo os sindicatos de contabilidade de todo o país, a demanda pelo serviço de preparo das declarações chega a aumentar entre 30 e 40% nos meses de março e abril, época em que o prazo de entrega se encerra. “A falta de precisão pode prejudicar o contribuinte. E é justamente nisso que o Prosoft Analir Contador auxilia ao contador, pois o programa ajuda a prevenir problemas e a reduzir possibilidades de erro”, diz Regente.

Cadastre-se e receba nossas notícias